quinta-feira, 12 de junho de 2008

Pensamentos Dispérsos: depois do bloqueio

Como é que se convence um miúdo invisual a comer as cenouras ao jantar?

O andar da pediatria nos hospitais são locais fenomenais. Na minha ultima visita a uma vi dois miúdos de sete anos a transplantar o rim de um tipo.

“Trabalho duro” é uma expressão enganadora. Esforço físico e horários longos não constituem trabalho duro. Trabalho duro é quando alguém paga para fazermos uma coisa que preferíamos não fazer. Sempre que vos apetecer fazer uma coisa que não seja o que estão a fazer, estão a fazer trabalho duro. Se não lhes pagarem chama-se esclavagismo. Se tiverem menos de dezasseis anos é exploração infantil.

Prefiro as pessoas com imaginação: ditadores, assassinos em série, camionistas, barões da droga, adoradores do diabo, professores primários dos anos 30. Para mim, estas são as pessoas interessantes. Acho que aquilo de que o pais precisa para entrar nos eixos é mais maldade. Mas maldade mesmo e não idiotice. Maldade pura, intensa e descomprometida.

Vá já ao Centro de Remoção de Quistos do Cláudio Ramos! Quistos normais: 5 €
Quistos grandes e complicados: 1 € por cada 50g.
Cláudio Ramos: a remoção de quistos para gente esperta!

Compre já o seu! Já todos têm um! Novo, super luxuoso, ultraleve, articulado, fácil de usar, com garantia vitalícia e disponível em todas as cores, tamanhos e sabores! Compre já o seu! Não se gasta, não amolga e não perde tinta. Mas provoca tumores.

No futuro, a luz solar vai diminuir para o equivalente de uma lâmpada de quarenta watts e as pessoas com a capacidade sobre-humana de semicerrar os olhos vão ter uma vantagem na luta pela sobrevivência.

No futuro, toda a gente vai falar a mesma língua mas ninguém a vai falar bem.

No futuro, as galinhas vão passar a funcionar a gasolina, e, surpreendentemente, algumas terão consumos extremamente baixos.

5 comentários:

Anónimo disse...

o regresso dos pensamentos dispersos! yupi!!!sou fã nº1.gosto principalmente do das pessoas com imaginação...
continuo sem imaginação para um nick...

dusty disse...

yay. Também acho mal que se tenha abandonado o hábito de punição física quando se erra a tabuada. Reguadas e pares de estoiros ftw!

Fingido disse...

Épa, o das galinhas de baixo consumo já, não é inédito. Já fez parte de um PD anterior... aldrabão!!!

Mas face à actual conjuntura, não me parece que funcionarão a gasolina.

A propósito, já desentranhaste o cheiro a zurrum da canita?

Sandes de Choco c/mortandela disse...

É verdade. O das galinhas já anteriormente o tinha publicado num outro pensamento disperso mas achei que era bem voltar a pô-lo na baila novamente nem que seja para enfurecer camionistas. Quanto à canita ainda tem aquele cheiro característico a zurrum.

Trambolho ao Postigo disse...

Relativamente ao primeiro pensamento, há anos que digo que comer cenoura faz bem aos olhos, mas lamentavelmente digo-o a meninos que vêem.