terça-feira, 31 de janeiro de 2006

Dúvidas existenciais Vol.I

Esta tarde, enquanto voltava a casa depois de uma sessão de uma ida ao pão (verdade... como pão, não gosto de brioches) e enquanto me desviava das "torcidas caninas" que crescem nestas calçadas quais cogumelos em pleno mês de um solarengo Março, encontrei uma quantidade alarmante de carros com uma coisa estranha no pára-choques: uma ferradura!
«Mas para que raio serve a ferradura?» perguntei-me. Também constei que os carros que as possuem não são um carro qualquer. Normalmente são carros de uma cilindrada maior, BM's ou Mercedes normalmente... servirá para demonstrar carácter? «Olá, tenho um mercedes e pareço uma besta a conduzir»? Ou « Sai-me da frente se não ficas com uma ferradura marcada na testa»? «Gosto de cavalos, especialmente dos potentes!!»? Enfim... Não sei mesmo. Será para marcar estatuto? Deve ser porque não consigo ver nenhuma ligação entre uma ferradura e Boa-sorte. Aliás, conheci um tipo que tinha a marca de uma na testa. O cavalo que tinha era desconfiado in-extremis. Mas isso não lhe trouxe sorte alguma. Apenas um traumatismo craniano.

A guerra dos Clones





Descubra as diferenças

segunda-feira, 30 de janeiro de 2006

Salta, não grites!

Um dia passado depois do nevão que atingiu Portugal, foi com imensa "alegria" que me levantei às 9:00 h, com um frio de rachar e ruas cheias de gelo, para fazer um exame... Bem.. Ao menos ví velhotes a divertirem-se: com o chão coberto de gelo, ví inumeros senhores e senhoras de idade a praticar scú. Depois levantavam-se a gritar e a dizer mal da vida.. Mas que raio? Não se estavam a divertir? A 3ª Idade nunca está contente... Porquê não cantam depois de cair?
Pode haver quem diga que «cantar tem tanto a ver com expressar emoções como expressar ideias». Muito bem. Do meu ponto de vista, no que concerne à expressão de emoções, cantar não consegue ser tão eficaz como gritar.
Aliás, quanto mais penso no assunto, mais percebo que, afinal, cantar não é mais do que uma forma modificada de gritar. É gritaria meticulosamente organizada e socialmente aceitável.
Já dançar consigo perceber. É uma forma organizada e elaborada de saltar. Acho que não ha mal nenhum em saltar. Acho até que é essencial. Contudo, no caso do salto correr mal, cair e partir uma perna não se ponha a gritar. Escreva antes uma canção.

Neve? Nem vê-la. Mas....

Da minha visita de hoje à blogosfera, concluo facilmente que: fui o unico parvo que este fim-de-semana(FDS) não viu neve e/ou levou com uma bola de neve na corneta. É incrivel, mas a maioria dos blog´s tem um post sobre o TEMPO... será que não fizeram nada digno de registo durante o FDS... mas que raio, escrever sobre o tempo!

Pois eu não vi neve, mas em contrapartida, fui ver o novo filme do Woody Allen... e que filme. Sem dúvida o seu melhor dos ultimos anos, e eu acho que os vi todos. Match Point para quem estiver interessado. Passem também por aqui.

Por falar em cinema, descobri, este FDS, a razão do sucesso do "Crime do Padre Amaro": 1/3 da cenas é de "chumbanço". Calculo que o filme visto no cinema... impressione!

Se no "Match Point" me impressionou o argumento, a realização... no outro, não tirei os olhos da "Amélia".

*Aviso: Não me tornei excêntrico por apenas 4 numeros e 1 estrela.

Não tenho sorte nenhuma!!!

"A probabilidade de nevar em Beja e do Sporting ganhar ao Benfica eram menores que a probabilidade eu ganhar o euromilhoes...Mas tinha mesmo era de falhar a porra da mais fácil..."


p.h.

domingo, 29 de janeiro de 2006

Fosca-se, é incrivel! *


Nunca antes tinha visto nevar em Évora. Acordei hoje um pouco cedo (ai às 11:45). Continuei deitado a ver televisão. No telejornal falavam da vaga de frio que se faz sentir no país. Olhei para a tv: «epá, aquilo parece ser Évora.. E está a nevar!?!?». Ora esta... Abri a janela e era verdade! Tudo coberto pela mais alva neve vista pelos meus atónitos olhos. Tomei banho, vesti-me e saí para a rua mais contente que um gaiáto. Rápidamente, voavam bolas de neve por tudo quanto era lado. Mas está um frio do caraças.

Tá frio e cái neve,
a água gela no bidé.
Quero lavá-los e não posso...
É f*@£§# não é?

* O
título foi retirado sem dó nem piedade a um programa que passava nos tempos áureos da SIC...

Tá mai frio cá óstia!

Esta é uma daquelas noites em quem um gajo bebe o Whisky sem gelo como desculpa para tentar aquecer e mesmo sem conseguir nunca desiste, uma noite que só apetece estar fechado em casa junto à lareira a sentir o fumo inverter o sentido na chaminé e deixar a casa coberta daquele cheiro tão cigano, ficamos com vontade de ver um bom filme na televisão publica e acreditamos que isso não é uma utopia... faz-nos sonhar com as ferias numa praia paradisíaca rodeado de gémeas suecas (ok, podem ser Dinamarquesas!)...
O frio faz doer os ossos e as unhas dos pés de uma forma que ninguém consegue explicar, faz crescer a conta de electricidade por causa da porra dos aquecedores, faz o nosso frigorifico parecer o congelador e o congelador a nossa cama!
Ai como eu adoro o Inverno e estas noites geladas!!!

Mas o que eu gostava mesmo era de ter um gato...E correr pela casa toda atrás dele... Sim... é que o raio dos gatos parece que sentem quando os queremos estrangular, e um gajo a correr sempre aquece!!!
Ai se eu tivesse aqui um gatinho...


p.h.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2006

A prática leva à perfeição!

Na Idade Média, parece que cada castelo tinha um grupo de tocadores de trompa que ficavam alinhados e tocavam acordes épicos e complicados sempre que acontecia algo importante. Num dos meus devaneios, dei por mim a pensar: será que eles treinavam? Marcavam reunião, colocando um papel numa porta do palácio que dizia o seguinte «Jográis, ensaio de trompas às 15 horas». E podiam existir várias razões para estas reuniões. Podia haver novos elementos na banda, melodias novas a aprender, instrumentos novos..etc.. Nesse momento pensei, se quando tocam, o pessoal curva-se todo em reverência ao senhorio (e depois são dores de rins que até chateia), será que quando treinam as pessoas também se curvam? Talvez sim pela força do hábito. Ou será que ninguém ligava porque sabia que era só um ensaio?
Se assim fosse, durante uma destas alturas em que todos sabiam que era um ensaio, o que aconteceria se o rei decidisse atravessar o castelo para visitar o meio-irmão preso por sodomia com uma lata de feijão-frade e os músicos tocassem a trompa para o anunciar? O mais certo é que as pessoas não se metessem em sentido, não se curvassem. Será que o rei iria ser compreensivo ou levaria a coisa a peito? Então e treinar as técnicas de curvatura? De sentido? Parece-me que estes ensaios seriam a melhor ocasião para treinarem o povo. Matavam-se dois coelhos com uma cajadada (Perdoem-me a expressão. Acho-a muito violenta. Matar dois coelhos? Pobres bichitos. Porque não apanhar dois figos com a mesma mão? Não demonstra violência e exibe técnica de forrageio do indivíduo. Fica aquí a ideia)....Ah, que se lixe. É por pensar neste tipo de coisas que nunca hei-de ser ninguém na vida...

A violência da insónia!

Quando tenho de acordar cedo é que não consigo dormir... se amanha não tivesse nada para fazer já estava cheio de sono e nem abria a pestana, era cair na cama como uma pedra... mas como tenho exame o raio do sono não há meio de chegar... logo hoje que devia descansar e ter o sonho relaxante com a Jessica Alba, por exemplo...

Em dias como hoje é que me arrependo de não ter um gatinho em casa... não imaginam como pode ser terapêutico matar um gato!!!
Bem, lá terei eu de contar outra vez o rebanho...vamos lá ver se já nasceu mais algum!!!
Um carneiro, dois carneiros, três carneiros, quatro carneiros, cinco carneiros, seis carneiros....ZZZzzz...sete carneiros, oito carn...uma ovelha velha...MATA!!!


p.h.

Por falar em modas...

JC janta na casa dos passarinhos fritos

quinta-feira, 26 de janeiro de 2006

Episódio 1358

Quanto mais vejo os conflitos no médio-oriente, no caso dos Israelo-Palestina, mais me lembro de dramalhões mexicanos. Daquelas novelas tipo "Anjo Selvagem" em que dura e dura e dura e dura... Depois parece que já está tudo bem! O casal principal já se vai casar mas eis que descobrem que são todos irmãos.. até do gato e do canário... e volta a durar..a durar..
Poderemos chamar a essas novelas Novelas Duracell? Não sei mas acho que seria um nome agradável. Se tiverem melhor ideia, mantenham-me ao corrente.

Gajos & Gajas Vol.II

...Outro problema para as mulheres é que têm de ter bom aspecto o tempo todo ou, pelo menos, acham que sim. Para serem atraentes aos olhos dos seus "machos protectores". «Tenho que me pôr bonita para esta noite. O Francelino vai partir-me a cara. Talvez consiga levar um valente pontapé nos dentes. Não me posso desleixar
E, para uma mulher, não se desleixar implica várias coisas. Começam com os cosméticos. Pensem na quantidade de produtos e procedimentos com que uma mulher tem de lidar no mundo dos cosméticos: desmaquilhantes, tonificantes, base, baton, etc.. e por ai fora.
Além de tudo isso, precisam ainda de uma mala! Uma mala gigantesca para transportar estas porcarias todas. Sobretudo a maquilhagem que deve estar à mão a toda a hora. «Tenho de ter a maquilhagem à mão para o caso de encontrar o Serôdio e ele querer espancar-me. Não me posso desleixar. Talvez me aplique murros repetidos nos rins e no estômago e não deixe marcas na cara. Ele preocupa-se tanto comigo!
E, meu caro leitor e amigo/a, espero que saibas que quando se fala no que as mulheres fazem para ter o melhor aspecto possivel, também estamos a falar de roupa. A roupa está na origem daquela treta das compras que ocupa tanto tempo na vida de uma mulher. Porque a verdade é que as mulheres têm de comprar, ter e vestir uma quantidade estupidificante de peças de roupa.
E é melhor nem entrar nos sapatos! Irra! Homessa! Desculpem meninas. Os sapatos de salto alto provocam problemas nos pés, tornozelos e joelhos da mulher mas dão um aspecto fenomenal ao rabiosque e às pernas, por isso, quem é que pode culpar um gajo por violação ocasional? «A tipa estava mesmo a pedi-las. Trazia sapatos de salto alto

CSI - ODEÁXERE

- Nouves Concórdia? Melher onde é que tá o mecheco? Inda àgora tive quir à horta buscar uns figues e nunca mais dê conta dele!
- Oh homem vê lá no alpendre, não há dois minutes inda ele tava aí de volta do canite!
O Sarnadinha vai ao alpendre e vê o seu filho, mas não encontra Cailó, o cão que costuma ir com ele à caça da lebre, nos montes do Cotifo.
- Nouves Tóninhe onde é que se meteu o Cailó?
- Oh pai é cá na sê, mas encontrê aqui este papel!
No papel estava escrito:
" Se vomeceia quer encontrar o sé canite inda vive, vá esta noite ao café do Carles e leve 20 arrobas de amêndoas!"
O homem deseperado olha para o céu e grita: NÃAAAAOOOOOO porquê o mé canite??!!! Porquê minha nossa senhora dos aflites?????
Depois de chamada a guarda o chefe Carvalhinho desanimado aproxima-se do Sarnadinha:
- É na quere que perca a esperança, mas é cá na posse fazer nada com os meies que tenhe, iste é trabalhe de gente que sabe o que faz, vou chamar a equipa do CSI de Odiáxere.
O que terá acontecido a seguir? Quem levou Cailó? A D. Concórdia porque estava farta do marido ir à caça? O seu filho? A fábrica de doce de amêndoa que estava aà beira da falência?

AVISO

Hoje vou jogar no euromilhões.
Assim, sabendo que a probabilidade de ganhar é de 1/76275360, parece-me oportuno deixar o aviso:


Se na proxíma semana e na outra e outra e outra e outra, ou seja, se nos proxímos 20 anos eu não aparecer por cá.... é, certamente, porque me tornei excêntrico.




P.s.- Quanto a estas boas intenções da Santa Casa, eu dispenso. Espero é que tenham lá alguém, que me ajude a carregar os sacos do dinheiro para o carro. A minha hérnia discal, não me permite carregar volumes pesados.

Sou Lésbico! vol: IV


De tempos em tempos o meu lesbianismo assalta-me o espírito de uma forma desenfreada que não consigo parar de gritar ao mundo!!!
Sou lésbico!!!

Sim...para que todos me oiçam, sou lésbico e não tenho vergonha do assumir!!!


p.h.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2006

As modas Tunnings em PORTUGAL

Eis a grande evolução tunning em Portugal desde os anos 80 até aos dias de hoje

Será que foi em legitima defesa


Hoje ao ver as noticias na SIC fiquei meramente chocado, com a lei que hoje foi aprovada em Itália. Pois a lei é que qualquer um pode ter uma arma para ferir alguém ou matar em legitima defesa, e como é que italianos iram provar que o disparo dessa arma foi em legitima defesa… Já viram se essa lei pega em moda, no resto da comunidade europeia….

Gajos & Gajas Vol.I

Já repararam que a maior parte da «comédia» que passa na televisão é sobre relacionamentos? Já viram isto? Comédia sobre relações? Eu não sei muito sobre relações mas ao longo dos anos (que não são muitos) fui reparando numa e noutra coisa sobre os sexos que quero partilhar convosco. Homens e mulheres. Os machos peludos, grandes e barulhentos. As fêmeas mais pequenas, mais suaves mas na mesma barulhentas.
Tudo o que precisam de saber acerca de homens e mulheres resume-se a isto: os homens são estúpidos e as mulheres malucas. Porquê? Ora bem: as mulheres são malucas porque os homens são estúpidos e os homens são estúpidos porque as mulheres são malucas. Tão simples quanto isto!
As mulheres têm bons motivos para serem malucas. Apanham sempre um fardo mais pesado: elas é que ficam grávidas, elas é que têm que mictar (para quem não saiba, mictar é o mesmo que mijar) nos bares e discotecas nas posições mais estranhas dignas de um contorcionista... etc.. Coloquemos assim então o meu pensamento: se a vida fosse um gigante restaurante de estrume e se todos os seres humanos passassem o tempo na fila para o almoço, as mulheres teriam direito a um segundo prato de borla.
Para começar, as mulheres são mais pequenas, mais fracas. Por isso, são espancadas, esmurradas, violadas, abusadas e, resumindo, fartam-se de levar pela medida grossa.
Se as mulheres fossem mais fortes que os homens, talvez a coisa não fosse assim. Possivelmente espancavam-nos apenas por gozo.
É justo... Mas não é bonito. É feio..

A barracada das barracas

Sei que qualquer processo de realojamento é muito difícil, percebo que não há meios suficientes para evitar o crescimento dos chamados bairros de lata, mas até hoje não percebi algumas coisas: Porque razão se faz a demolição de uma barraca onde vivem famílias numerosas sabendo que estas não têm para onde ir? Porque razão não são retirados os pertences das pessoas antes da demolição? Porque é que é que são dadas casas a pessoas que não têm meio de as sustentar? Porque razão são contruídos bairros sociais nas periferias das cidades, quando se podiam reconstruir os centros das cidades? Ficava mal um prédio de traça pombalina com inquilinos ciganos ou caboverdianos? O que é que sai mais caro? Centros históricos com paredes a cair, sem gente lá dentro, mas com um valor imobiliário monstruoso ou bairros marginais com prédios coloridos que é para avisar os mais distraídos de que ali vive gente pobre com vidas miseráveis?

Censura blogger

Hoje, na minha visita matinal ao blog, reparei que o recente toque feminino já é elogiado.
Assim que, lembrei-me, "é oportuno escarrapachar uma menina desnudada de olhar maroto".
Pois foi o que fiz. Escolhida a imagem, toca de carrega-la no blog. É durante este processo que ocorre uma coisa estranhíssima....




....não é que o Sr. Blogger, tratou de embaciar as partes brilhantes da "pequena"! Será isto censura? Será que o Sr. Blogger contratou um provedor? Será que vai também censurar a escrita de palavrões?

E agora algo estranho assim a modos que morangos e cores.

Quando estou em casa, gosto de ter a tv ligada. Procuro sempre um programa que seja suficientemente interessante para justificar manter a tv ligada e suficientemente parvo e estupido para ser ignorado.
Eu gosto de ver televisão. Como sabemos, adoro ver os noticiários da TVI. Contudo, aquilo que mais gosto na televisão são os anúncios. Ultimamente, ando um pouco inquieto. Passa um anúncio na tv acerca do BES e das suas novas cores com que irão adornar as suas lojas.
O problema é este: eles não nos dizem quáis vão ser! Depois de ver o anúncio 4 vezes, dei por mim, ofegante e stressado, a sair de casa para ir fazer plantão ao BES de Évora, na infrutífera ilusão de espancar o gerente até ele me explicar sucitamente ( as cores, os tons e nuances) da cor com a qual o seu departamento irá ser pintado.
É por estas coisas que se cometem crimes!
Não sei.
Já agora... não fui aos castings dos Morangos com Açucar... Não fui mesmo. Mas sinto-me bem.
Bem melhor que um sem abrigo a balbuciar «Os saca-rolhas de pressão funcionam mal»..

terça-feira, 24 de janeiro de 2006

Inquérito do postigo

1. O que é para ti um piropo?
2. Já alguma vez atiraste algum a uma rapariga/rapaz desconhecida/o?
3. Se sim estavas sózinho/a?
4. Se estavas acompanhado foi com a intenção de te armares?
5. Já alguma vez recebeste um piropo de um desconhecido?
6. Se sim, qual foi a tua reacção?
Agradeço desde já o tempo dispensado o trambolho agradece

O chapéu de veludo

Ela usava um chapéu de veludo. Descia os degraus devagar como se cada degrau representasse um objectivo atingido. Tossiu lentamente. Era uma tosse leve, contudo, profunda e a denunciar uma possivel gripe ou anginas... O braço, fino, elegante, feminino, dobrado ligeiramente pelo cotovelo, mantinha a mala de mão perto do corpo. A superfície dos últimos degraus era irregular e estava estalada, um pouco escorregadio também, resultado da chuva dessa tarde. Por isso, estendeu aquele formoso braço para agarrar o corrimão. Nesse momento, um homem correu pela escada acima e despejou-lhe uma caixa inteira de pastilhas de mentol pela boca dentro.
É bom saber que os médicos sem fronteiras não descansam.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2006

Pensamentos dispersos Vol: não sei mas é o ultimo..

Não acredito na reencarnação. As pessoas morrem e pronto. Acabou-se. Finito. Caputo! Contudo, já acreditei na reencarnação. Mas isso foi numa vida anterior.

Sabem o que era realmente bom? Ser daquelas seitas maradas que cometem suicídios em massa. Era capaz de pertencer a eles apenas para deitar fora o cianeto quando todos o bebessem e quando todos estivessem mortos, saquear os cadáveres.

Mau é se esquizofrénico com 23 personalidades diferentes e todas desagradáveis.

Tenho pena de, vestindo fato completo, nunca ter espancado alguém.

Vou passar a usar fato completo de 3 peças. Como não gosto de usar colete, vou passar a usar o casaco rasgado ao meio.

Mau também é crescer atado a um poste e alimentado à fisgada.

Outra coisa má é ser espancado com um dicionário por uma bibliotecária passivo-agressiva.

E um homem de 70 anos que tenha um tintím semelhante a uma nóz e o outro semelhante a uma avelã? Sempre pode dizer às raparigas: Anda cá provar os meus frutos secos..

Mau é também morrer electrocutado por um pacemaker em segunda mão.

Mau também é ser o oposto de excepcional. A única coisa ser parte do público em geral, uma vez na vida conseguir ter um lampejo de normalidade.

Mau é morrer de traumatismo craniano devido a uma euforia exagerada depois de uma defecção.

Uma laranja grande quase consegue ser do tamanho de uma toranja pequena. Mas não das indianas que são muito azedas.

Devia existir um nome para o dia antes de anteontem. Anteanteontem? Triontem? Inventem um nome e mantenham-me a par.

Sabem quando ouvimos uma música e ficamos com esta na cabeça durante 2 ou 3 dias? De levar à loucura? Tenho um remédio excepcional: mate-se!

Agora, algo estúpido!

Há uns dias atrás foi anunciado o nascimento de três porcos fluorescentes, que ficam verdes no escuro...pois parece estranho, mas é verdade!
Esta experiência até foi considerada um enorme passo para a investigação sobre células estaminais (que eu não faço a p*** ideia de o que seja!!!)
Mas hoje, não que tenha alguma relação com o novo presidente da Republica uma vez que nem sei se ele é do Sporting, imaginei que seria bem interessante isto dos porcos verdes... e pode vir a ter alguma interferência na nossa vida!

Como uma vantagem, o Montijo terra dos porcos, poderia dispensar a iluminação pública.
A noite alguns campos alentejanos pareceriam oceanos a reflectir a estrelas...
Aos automobilistas ao invés de um colete seria obrigatório o uso de porco reflector no banco traseiro.(esta é estúpida)
Deixaríamos de ter o chato problema de perder um porco no quarto e nunca mais o encontrar, bastaria apagar a luz... Mas deixaria também de fazer sentido a expressão não vejo um porco à frente dos olhos...???!!! (ou boi, depende do gosto)
A matança do porco seria algo patriótico onde o vermelho se confundiria com o verde!
Assaríamos a fluorescência da carne na incandescência das brasas.(poético)
Todos estes graves problemas seriam resolvidos... e a nossa vida passaria a ser bem mais feliz...

Ou isso, ou eu não encontro o raio de uma boa explicação para se tentarem fazer os porcos fluorescentes!!!



p.h.

Censura people and arts

Estava eu a vegetar tranquila e sabiamente no outro dia quando liguei a televisão. Um zapping levou-me ao canal people and arts. Estava a ver uma série da BBC calminha até com um ar familiar quando começo a ver as matrículas dos carros enevoadas. Pensei: "tenho que fazer uma revisão ocular que estou a ficar mal das vistas." Passados alguns minutos enquanto um personagem falava comecei a ouvir uns piip característicos da MTV quando algum rapper está a dar uma entrevista. Portanto shit, fuck e outras palavras estavam a ser ridiculamente tapadas por piiiiiiiip. Mas eu não queria acreditar, não podia ser, fiquei a ver o mesmo canal mais algum tempo e vejo que também os intervalos são censurados. No anúncio de um programa sobre um tipo que estava a mostrar as suas tatuagens nas pernas tinha também partes enevoadas para ocultar umas mamas tatuadas.
Estou indignada porque a censura é um acto injustificável e nesta situação é apenas um procedimento rídiculo e ineficaz.
Qual o objectivo disto?? A estupidificação progressiva? Não basta já tudo o resto?

"Então como é que vão esses ossos?"

Quando perguntamos a uma pessoa como está, esta responde:«Vai-se andando». Acho piada. Mas vai-se andando prá onde?
Vou dar uma ideia para evitar o tédio dos diálogos impostos para cumprimentar as pessoas.
Por exemplo, quando alguém me pergunta como estou, tento dar uma resposta tão detalhada quanto possivel. «Bem obrigado» já não é suficiente.
Se me estiver a resguardar, um simples «estou bem q.b.» serve. Outra resposta que acho que não revela muita coisa é «estou satisfatóriamente confortavel». Mas, se houver uma réstia de dúvida, confio no velho «não estou mal, comparando com tudo o que há para aí». Esta é muito eficaz se sentir que se tem algo a esconder.
Se me apetecer ser mais aberto, respondo «estou semíporreiro, obrigado pelo interesse» é eficiente, aberto q.b.
Já agora, se o interlocutor fôr um jovem modernaço, deve-se dizer «moderadamente baril». É moderno e só se mostra uma parcela limitada da informação.

domingo, 22 de janeiro de 2006

Um pequenos parêntesis para falar a sério:

Como rescaldo desta noite, é mais uma vez impossível não comentar a emissão da TVI, que se demarca dos outros canais e não pela melhor razão... tentando apartar os sentimentos de antipatia que nutro por alguns dos apresentadores (MMG) e comentadores (MST) que se encontravam no painel parece-me profundamente ridícula a tentativa de “fabricação de noticia” na extrapolação destes resultados eleitorais para umas hipotéticas eleições legislativas, mais ainda quando se tenta impor um comentário dos representantes partidários ou quando não se aceita a evidencia de que a dita sondagem é uma idiotice sem significado Politico... Em plenas eleições Presidenciais fazer uma sondagem a boca das urnas sobre uma eleição legislativa e não assumir a sua contaminação e vicissitudes derivadas a campanha, conteúdo e forma da eleição em escrutínio parece-me uma clara falta de inteligência ou uma rude tentativa de influenciar opiniões!


p.h.

Pensamentos dispersos Vol:V e 3/4

Qual é a diferença entre uma gota e uma gotícula? Afinal de contas, se dividirmos uma gota em partes mais pequenas, obtemos uma série de gotas mais pequenas. Grande ou pequena, que m*erda (nota-se bem que escreví merda? É que se não se notar, queria escrever alí merda. Pensei que o asterísco ficava bem)! uma gota é uma gota pá. O mesmo é válido para as migalhas. A coisa mais bizarra das migalhas é que, se dividirmos uma migalha ao meio, não obtemos 2 x 1/2 migalha mas sim duas migalhas. Mas que raio é isto? Para mim soa-me a ilusionismo. Tenho que falar com o Luís de Matos..

A respeito da minha posição em relação à existência de Deus, não sou ateu nem agnóstico. Sou anagramóstico. É um assunto que me parte a cabeça.

Aprendí recentemente que ainda há três pessoas no mundo que sabem dançar o minueto (se não sabes o que é vai ver ao dicionário que é para isso que ele serve pá!), uma delas é o Mário Soares. Infelizmente, as outras duas estão confinadas a cadeiras de rodas no Museu de História Natural na ala dos fósseis.

Os Estados Unidos parece mesmo uma grande piada ordinária mal concebida.

É provável que estejam a pensar: «Que será que ele pensa que eu estou a pensar agora?» Ou talvez estejam a pensar:«Gostava de saber quando ele vai dizer: É provável que estejam a pensar. Que será que ele pensa que eu estou a pensar agora?» Ou podem estar a pensar quando gostaria de... Epá... Perdi-me no raciocínio mas se tivesse escrito tudo não sei o que seria e palávra que pergunto-me no que estão a pensar agora e do que pensarão daqui a pouco.

Sondagem PFCAD

Ao contrário de todos os outros meios de comunicação social e do 24horas, os PFCAD apresentam uma sondagem* exacta, assegurando que estes números serão os reais e que não haverá nenhuma surpresa nem margem para erro!

Sem sombra para dúvida terão ido votar um pouco menos de 10milhoes de pessoas e pouco mais de 14... como tal a taxa de abstenção é...?!?!...é só fazer as contas!!!
(Ah, e para alem do Paulo Portas mais nenhum pinguim terá ido votar...)

Sobre os resultados, com certeza absoluta, podemos desde já garantir que Garcia Pereira vai ficar em ultimo nestas eleições...com uma votação miserável!!!
Pensámos em afirmar que só teria o seu próprio voto, mas nada garante que Louça não tenha fumado em excesso e não se tenha enganado!
Podendo assim Garcia Pereira chegar aos 2votos...e empatando com o Rato Mickey
[n.d.r.] brincadeira dos dois amigos que passaram a tarde com o Louça... horas mais tarde, já conscientes e chorando compulsivamente, os mesmo vieram a assumir que tinham acrescentado a caneta no boletim de voto o nome do boneco, só o próprio Louça os conseguiu animar com a sua já famosa imitação do Pato Donald...


p.h.

[*] Esta sondagem é baseada em cerca de 30 ou 32 entrevistas, não à boca da urna, mas a pensar numa qualquer outra parte do corpo da Urna Kurnikova...(trocadalho do carilho)
Iniciámos a sondagem a questionar quem iria vencer as eleições, mas dada à gloriosa supremacia da resposta Luís Filipe Vieira, resolvemos perguntar quem seria o próximo presidente da Republica...
Como a resposta se manteve, vimo-nos obrigados a ser rudes, dar belinhas e perguntar se alguma vez tinham ouvido falar de Garcia Pereira... para alem de muitos que julgaram ser o novo reforço do Benfica, ainda houve um senhor que nos tentou agredir enquanto gritava que a senhora sua esposa era séria, que só não estava em casa porque tinha ido à praia com a avó!!! E nós acreditámos...

sábado, 21 de janeiro de 2006

Hoje é dia de reflexão 3


Não sei se vote a direita, ou a esquerda

Hoje é dia de reflexão ii

Se a atitude for generalizada, onde raio vou beber café?

Hoje é dia de Reflexão...

“Se o dia não acaba rápido ainda me desfaço em m****!!!”




p.h.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2006

Prémio "Tusa do Mijo" ?


Vou só ali fazer um xixizinho e venho já...

Paisagem


Paisagem s.f. extensão de território que se abrange num lance de vista; panorama, vista/ Desenho, quadro que representa uma cena campestre.

JORGE GABRIEL

Há um programa na RTP: O Cofre apresentado por um tipo chamado Jorge Gabriel!
Este senhor começou a sua carreira na rádio, tanto quanto sei a sua especialidade é o desporto.
Há uns anos atrás na SIC ele tinha um pequeno programa, do qual não me lembro o nome, mas sei que era um concurso sobre futebol. Lembro-me da sua inexperiência e da sua cara de puto na altura, mas eu até gostava de ver aquilo. A sua carreira evoluiu e entretando ele foi para a RTP apresentar o fabuloso programa: Praça da Alegria!
Agora, para além disso, apresenta o Cofre. E não sei o que é pior, se as suas risadas patéticas e profundamente artificiais, se a sua pulseira côr-de-laranja de borracha que usa para fingir que é solidário com uma causa qualquer. Mas o que me irrita sobremaneira é a frase:
DIGA AUTORES PORTUGUESES; NÃO CONHECE MAIS AUTORES PORTUGUESES; DIGA AUTORES PORTUGUESES!!!!

Trambolho à vista!!!

Parece que desta se confirma, a passarada vai mesmo aumentar. Não é que, contrariando todas as expectativas, alguém aceitou "ajuntar-se" ao bando. E o melhor é que conseguimos arranjar uma contribuição "letrada"!
Esperemos que as contribuições da Trambolho, permitam baixar os niveis de testosterona (acho que é esta a hormona masculina, se não for, o Sandes encarregar-se-á de vir a terreiro corrigir) que começa a empestar este "blog petisco".
Assim, começam a criar-se as condições, para que o Passarinhos se pareça menos com o "baile dos bombeiros", vulgo "festa da mangueira".

A finalizar a boa-nova, ficam as palavras do novo membro, na resposta ao convite:

Aceito ser um contibutor com muito orgulho e juro honrar e desrespeitar toda e qualquer notícia, história , evento ou pessoa. Prometo ser infiel nos bons e maus momentos, na loucura e na demência em todos os estranhos dias da minha vida, até que o arroz doce enjoe ou os passarinhos levantem vôo.

A Gerência

quinta-feira, 19 de janeiro de 2006

Abel Xavier recorre para Tribunal Arbitral do Desporto e justiça civil!!!

Amigo Abel, só assim em género de conselho: se quer mesmo que no Tribunal ao menos equacionem a hipótese do senhor não se drogar, mude a cor do cabelo, ou pelo menos corte a “lã” e a “juba”...









Isto é o que se chama dar ganda bandeira!!!



p.h.

Tania Vanessa Manifesta-se contra a CP

O Maria Albertina Porque chamou Vainessa a esta Menina???

terça-feira, 17 de janeiro de 2006

Eufemismos Vol.II

Voltando ao assunto dos eufemismos, num destes dias enquanto fazia o meu passeio de Domingo, como qualquer português, num hipermercado, dei uma certa atenção ao palavreado usado nos artigos de consumo. Encontrei uma escova de dentes denominada "Profissional"! Pensei com os meus botões que raio poderá a escova ter para ser profissional... Será que até agora só escovei os dentes com escovas amadoras? Sem certificado? Sem habilitações? Cuja diferença entre elas e um piaçaba são apenas uns meros centimetros? Julgo que não. Afinal, o piaçaba tem um trabalho muito mais "merdoso".
Continuando o raciocínio, onde mais se encontra esta forma eufemistica de marketing é nos produtos alimentares.
Linguagens de publicidade a alimentos. As palavras são familiares. Estão sempre a ouvi-las: fresco, natural, tradicional, saudável, caseiro.. Mas vem em latas.
Por exemplo, a palavra Gourmet. Acho-a uma palavra linda. Hoje, tudo é Gourmet. Até a comida do gato. Sabem qual é a diferença entre algo Gourmet e entre algo normal? Apróximadamente 50 €. Para mim, Gourmet é pés de caracol estufado, filetes de rabo de panda em calda de açucar, entranhas de pato na cataplana..
Quanto ao saudável, é a sopa saudável, o pão saudável, a azeitona saudável.
da próxima vez que virem uma embalagem que tenha escrita a palavra saudável nela escrita, olhem para o rótulo. «Hummm.... Seiscentas gramas de gordura saturada!».
Tão saudável como um ataque cardíaco.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2006

Pensamentos dispersos Vol:IV e etc.

Acho que devia haver escadas rolantes tão rápidas que fosse preciso saltar para entrar e sair delas. Se alguém se aleijasse, azar do camandro.

Sempre que reparo numa mosca morta na calha da janela, uma que não estivesse lá no dia anterior, ponho-me sempre a pensar de que terá morrido. Derrame cerebral? Enfarte? Gripe das aves? Por ver o Herman SIC? Enfim.. A seguir penso que, se calhar, está só a fazer-se de morta para que eu não a esmague. Então esmago-a sem dó nem piedade.

Gostava de saber se uma pessoa que se levanta de um coma se sente fresca e repousada.

Uma coisa porreira das visitas a hospitais é podermos ver gente que ainda está mais doente que nós e isso faz-nos sentir bem.

No futuro, as galinhas vão passar a funcionar a gasolina e algumas vão ter um consumo extremamente baixo.

sábado, 14 de janeiro de 2006

Porque não Barbie "Alfinete de Peito"?

Ok... Com que então é isto que andamos a dar às nossas criancinhas? Eu sei que "de pequenino é que se torce o pepino" mas tão cedo é exagero.
Porque não chamaram à boneca Barbie Alfinete-de-peito? Ou Barbie Jóia-para-prender-ao-Peito? Bem, são muito extensos os nomes...
E não chegava apenas um? Tinham logo que ser mil. ?!?!
Com a breca! Homessa... Valha-me o Santíssimo...

O coscuvilheiro do Procurador


Será o super homem, será o Pai Natal, ou será o PINÓQUIO.
Não meus amigos é mesmo o Procurador Geral da Republica com que foi aprender a trabalhar com o Excel lol.. lol…..

Eis o plano do Choque tecnológico em PORTUGAL

Com este belo método de trabalhar, como é que Portugal ira conseguir combater a crise que estamos a atravessar.


Já agora quem quer ajudar a obra

Vai uma ajuda



Ultimamente muito se fala, sobre as nossas forças policias, e o método como elas actuam em relação as prossecuções policias. Como o que se passou no Algarve em que um agente morreu, e ainda o mais recente em que um a patrulha da GNR viu a sua viatura a ser alvejada, pois não admira, como sempre nos em Portugal ainda estamos muito atrasados da forma como temos as nossas viaturas policias, como podemos ver nas imagens lol….




Já agora alguém empresta 10€ para o gasóleo

Fogo da ribêra! Vol.IV


Pois minha cara, nós aquí nos PFCAD somos pessoas compreensivas. De qualquer modo, gostavamos de nos encontrar consigo pra... ah... beber um cafézito e quiçá dois dedos de conversa...

sexta-feira, 13 de janeiro de 2006

Assim não vale!!!

Acho que quando se trata do 24horas o argumento de que a noticia é falsa não devia ser permitido... Acho que a associação que regulamenta as discussões de teimosia ou teima de particulares com o 24horas, no seu regulamento devia incluir este ponto!
Quer dizer, a notícia é publicada, alguém vem a publico dizer que é mentira...e nós ficamos mesmo com a certeza que é, não há espaço para dúvidas...
Isto assim perde toda a piada, não há polémicas, é acabar logo com a confusão!!!
Se ninguém o assume, nos aqui no PFCAD vamos assumir a responsabilidade:
Vamos por fim a utilização deste trunfo mega-super-hiper-irrefutável!!!
De hoje em diante, para contestar uma notícia do 24horas não vale dizer que é mentira... vão ter de arranjar novos argumentos, porque assim isto perde a piada...



p.h.

sexta-feira 13


quinta-feira, 12 de janeiro de 2006

Vandalismo?

Que belas bigodaças!
Assim parecem pessoas honestas.
Mas "porra", agora em quem vou votar?
Não é que "ambos os dois" são honestos!

EMPREGO!!!

Espero que isto não faça alterar a opinião daqueles que defendem a legalização da prostituição!!!


p.h.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2006

picanços prá Belém!!!














Quem fala assim não é...disléxico?!


Então e as chaputas? Ninguem pensa nas pobres chaputas?

Fogo da ribêra! Vol.III

Cara Carla, se assim é, sugiro que o surpreenda! Arrote e cague-se que nem uma real besta durante o acto. De certeza que ele notará o seu empenho na tarefa.

Pensamentos dispersos Vol:III e qualquer coisa

Michael Jackson enganou-se na profissão. Se tivessse escolhido ser padre, podia passar 30 ou 40 anos a confraternisar com miúdos que ninguem dizia nada.

As pessoas que vêem a vida como uma grande diversão não estão a ver bem a coisa. Sofrerão de míopia pergunto-me?

"Compre já o seu! Não engorda, não oxida, não perde a cor! Mas provoca tumores."

No futuro, a agricultura acabará e os terrenos irão ser usados para vadiar.

No futuro, os seres humanos vão desenvolver barbatanas e guelras. O preço de propiedades na praia vai aumentar astronómicamente.

Se algum dia tiver uma trombose, espero que seja de manhã para não ter que tomar as vitaminas sem necessidade durante todo o dia.

Ignorem estas quatro palavras.

Epá, se ninguém sabe quando é que vai morrer porque razão às vezes se diz que tal fulano e sicrano morreu de forma prematura?

Eu acredito que é possivel dar a volta ao mundo sem dinheiro, multibanco ou cartão de crédito, tem é que se estar preparado para nadar e andar grandes distâncias, o que não deixa de ser chato.

Dois vezes dois não é quatro. É nove. Na realidade tudo é nove excepto dezassete. Dezassete são, na realidade seis.

A chita é mais lenta do que um tatu. Só parece ser mais rápida porque o tatu anda devagar comó caraças.

Incrivelmente, um peixinho dourado consegue matar um gorila. Isto se usar o efeito surpresa em seu favor.

Um bom aviso para os rótulos de droga para quando esta se tornar legal: "Aviso. Use este produto e pode dar consigo em Marrocos, usando um fato de cowboy e dando beijos na boca a um vendedor de amortecedores".

Um bom lema para a vida: "tente sempre não morrer".

Homem que é homem só bebe cerveja ou bagaço. Aliás, vou fazer um estudo a ver se é possivel viver-se bebendo apenas cerveja e comendo apenas tremoços e sandes de arenque fumado. Preciso de voluntário/a.

terça-feira, 10 de janeiro de 2006

O jovem J.C.

A puberdade é uma época um tanto complicada. O corpo muda, crescem pêlos onde antes não havia, a voz fica diferente, hormonas despertam "calores" nunca antes sentidos. É normal a fase "rebelde" na puberdade. Pensei cá para mim que o J.C., uma vez que também foi adolescente, seria um tipo pacato ou tería passado por uma fase rebelde? Instântaneamente, a minha fértil mente imaginou logo um episódio da vida deste aquando dos seus quinze anos, em plêna erupção da puberdade...

José: Òh Jesus?! Que é que andas a fazer na rua a estas horas? Vai mas é ajudar-me na carpintaria!
Jovem J.C.: ...lá tá este outra vez armado em chato... da-se..
José: Tás-ma ouvir ou terei que te dar uma sarda? Vá! Anda-me ajudar!
Jovem J.C: TU NÃO MANDAS EM MIM!!! TU NEM ÉS MEU PAI!!!

Jesús debanda a fugir do S. José, pára, ofegante e vermelho de ira numa cabine telefónica. Tira uns dinheiros da sua algibeira e digita uns números no telefone.

Jovem J.C.: Tou pái?
Deus: Sim? És tu Jesús?
Jovem J.C.: Òh pai, posso ir viver contigo?
Deus: Quê? Tou a ouvir bem?
Jovem J.C.: É que o Zé tá sempre a moer-me o juizo. Posso ir viver contigo? Hoje?
Deus: Epá, hoje não dá..
Jovem J.C.: Amanhã?
Deus: Epá, também não...
Jovem J.C.: Então quando prá semana? Para o mês que vem?
Deus: Epá...Quando fizeres 33 anos...

mais do mesmo!!!

Hoje descobri que a campanha para as presidenciais começou ontem...
Quer dizer que agora vamos ter de ver aqueles senhores diariamente na TV, na Rádio, levar com eles em todos os telejornais, nas primeiras páginas da imprensa escrita! Ter as suas Fotografias espalhadas por todo o lado, e as caixas de correio cheias de livrinhos e panfletos onde cada um dos candidatos deu largas à imaginação, esqueceu que as eleições eram Presidenciais e escreveu tudo aquilo que gostava fazer se fosse Primeiro-ministro... Vamos ter de ouvir a sua opinião até mesmo em relação ao assunto mais banal da nossa actualidade, vamos ouvir falar no café, vamos falar... aturar os apoiantes mais ferrenhos, vamos ter de dizer não ao panfleto que nos querem meter nas mãos enquanto passeamos pelas ruas...Vamos ficar fartos de ouvir anunciar jantares e comícios, vamos chamar nomes aos carros que transportam megafones sobre o tejadilho, fazendo inveja ao tunning mais modesto, com uma musica monótona a ser interrompida apenas por uma voz grave que repete vezes sem conta a mesma frase...Um Slogan chavão!!!

Durante as proximas semanas parece que esses senhores vão fazer parte do nosso dia-a-dia, quer queiramos quer não!!!
Eu só não entendo é o que se passou nestes últimos meses...ou qual a diferença de ontem para hoje...
Só agora dizem que vai começar a dita campanha, as eleições só serão dia 22 de Janeiro e eu que já não posso ouvir nem ver nenhum desses senhores...


p.h.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2006

Citações “Escaganifóbéticas” Sábias... Vol:I

"A Humidade faz a força e a camaradagem é a parte de dentro do pneu..."



p.h.

E novidades?!

Tanta coisa a esconder o estado de saúde do Homem... Mas será que só agora é que repararam que ele tem um derrame cerebral?!?!?


p.h.

domingo, 8 de janeiro de 2006

Pensamentos dispersos Vol:II

Não sou o tipo de pessoa que acredita que pode ter tudo na vida mas acredito que, com um pouco de esforço e argúcia, posso ter mais do que aquilo que mereço.

Sabem o que teria imensa piada? Ter gémeos, baptizar um de Dumbo e o outro de Pateta, mandá-los para a escola e ver como as suas personalidades se desenvolvem. Acho que se iriam divertir in extremis na escola.. Ou então não.

Uma coisa boa na velhice: livrar-se dos trabalhos e de um monte de obrigações. Como? Basta dizer que estão cansados.

Algo digno de admiração: um assassino católico que se benza antes de estrangular a vitima.

No outro dia, estava a olhar para o espelho e notei que não mudei muito desde os meus 15 anos. A diferença é que agora pareço muito mais velho.

Facto verídico: Em 1733, o exército russo tinha um tratamento para os soldados que tinham saudades de casa. Ao primeiro sinal de saudades, eram enterrados vivos. É bom. Gosto de pessoas que vão directas ao assunto e se deixam de rodeios.

Neste país, o álcool não é encarado como uma droga. É mais visto como um problema de trânsito.

Porquê as pessoas desejam sempre "Boa Viagem"? Eu por norma dou outro cumprimento qualquer. É que se eu desse "Boa Viagem" e a pessoa morresse ia ficar muito constrangido.

Velhos são os trapos...

Simon Droux anda às voltas no acampamento. Acaba de terminar mais uma etapa mas a sua equipa de assistência ainda não chegou. Então, ele põe a moto no descanso, no meio do parque de assistência, tira o capacete e dá alguns passos para descontrair os músculos entorpecidos. Simon sorri:”Recuperei a disposição. Hoje de manhã estive quase a desistir. Estava farto de lutar com a minha moto. Como sou um velhinho de 62 anos, desta vez decidi participar em duas rodas, numa moto ligeira. Mas Simon não se queixa, apesar das quedas que se multiplicam. “Caí todos os dias. No entanto, não corro nenhum risco, mas há sempre uma pedra ou uma vala para nos atirar ao chão. E dei umas belas quedas. A melhor, foi quando um carro me bateu por trás há dois dias. Fui cuspido da moto. Levantei-me imediatamente e pus-me a gritar com o piloto que tinha descido do carro. Ele ficou com um ar aliviado por ver que eu não tinha nada, e voltámos ao caminho. Desde aí, dói-me um pouco o pescoço e as costas mas não vou ao médico senão mandam-me para casa."
(*)


Alguns podem chamar-lhe loucura, mas a sua Historia não deixa de ser um exemplo de jovialidade, perseverança...mas claro, principalmente de muita loucura!!!


p.h.
(*) Este texto é uma cortesia do site do Dakar, apesar de eles não saberem que eu o roub...que eu o pedi emprestado!!!

sexta-feira, 6 de janeiro de 2006

DST - a construir o Futuro!!!

Simplesmente não me pareceu um nome muito saudável para uma empresa de construção civil...ou para o que seja!!!
Mas há gente para tudo...



p.h.

Realeza é outra coisa!

Hoje é dia de Reis! Segundo a tradição alentejana (ao menos na minha terra), come-se uns bagos de romã para garantir felicidade neste novo ano que dá os primeiros passos cambaleantes de xuxa na boca. Festeja-se a chegada dos 3 reis magos (que na realidade eram sábios astrólogos) ao estábulo onde nasceu o brilhante J.C.
Pensei para cá com os meus botões: qual teria sido a diferença se em vez de reis fossem 3 rainhas magas? Bem, temos aqui pano para mangas...
1º de tudo, não tinham chegado atrasados 6 dias mas sim um mês ou mais porque já sabemos como são as mulheres quando tem que sair de casa para algo de importante, era a mise, pó de arroz, baton.. etc..
Quando lá chegavam (montadas nas bossas dos camelo bem besuntadas de vaselina...ok.. peço desculpa.. já fiquei com vergonha de aqui ter escrito isto), não ofereciam ao menino apenas ouro, incênso e mirra mas sim um enxoval completo (coisa de que pelos vistos ele não iria precisar minimamente). A seguir davam uma valente limpeza ao estábulo; lavavam o burro e a vaca; mandavam o pastor ir tomar banho; lavavam o borreguito e punham-lhe um laçarote cor de rosa ao pescoço.
Ainda sobrar-lhes-ia tempo para o chá das cinco e para cortar na roupa da virgem Maria e dos pobres andrajos do S. José.
"Ai minha rica! Ja vístes a roupa pindérica que a Maria tem?"
"Então se não ví? Mas que trapinhos horrorosos! Nem são de marca nem nada! E já vistes? Andam no meio destes bicharocos todos!"
" Pois.. E essa história de ela ser virgem..ai ai.. Mal sabe o José a peça que tem em casa..."
Pois... pois... e a sorte do J.C. é que elas não sabiam que ele era principe dos Judeus se não tinham-lhe logo arranjado casamento de conveniência.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2006

Pensamentos dispersos Vol:I

Profissão sem futuro: ser engraxador de sapatos numa praia.

Hoje de manhã tive uma ideia bestial mas já era tarde para a escrever neste blog. Só queria que soubessem que a teria enfiado neste espaço.

Uma coisa que não se pode fazer sozinho: treinar apertos de mão.

Se tens gémeos, porque não vender um? Epá, uma vez que tens dois iguais pra quê não ganhar uns trocos?

Gostava de fazer um museu de crianças. Só depois me lembrei que deve ser dificil comó camandro respirar dentro das vitrines de vidro.

Uma boa ideia para um bar (tive esta ideia para o meu mas depois esqueci-me) seria organizar a "Sexta-Feira da Violação Livre". Bebidas a metade do preço, analgésicos, preservativos, vaselina, pílulas contraceptivas e cartões de desconto em clinicas de aborto de Badajoz. Isto resolveria o problema de atrair clientela masculina.
Contudo, ainda estou a pensar num modo de convencer as mulheres a aparecerem lá.

Se não tivesse sapatos teria pena de mim próprio até conhecer um um homem sem pés. Assunto resolvido. Roubava os sapatos ao homem e sentir-me-ia muito melhor.

UMA PIADA GENÉRICA: Um shor Indivíduo chega a um sítio e diz algo a outro shor Indivíduo. O 2º shor Indivíduo responde ao 1º shor Indivíduo que ouve e diz outra coisa ao 2º shor indivíduo. A coisa que diz é hilariante in extremis.

Ela Vs Ele - Round 138067

Estou a ouvir gritos na Rua, mais uma vez não sei se devo chamar a polícia...
Outra vez os meus vizinhos!
Mas a policia não pode cá vir todos os dias...
Quer dizer, Afinal é violência doméstica e devia fazer alguma coisa...
mas... Hoje, ele que se defenda... Se ela lhe bate é porque ele chega bêbado!
Hoje levas até ao fim...de qualquer forma amanhã depois de almoço vão estar juntos a tomar café!!!
O Amor é lindo...mas tem os seus altos e baixos!!!

Mas eu não tenho culpa disso, e é a mim que não deixam dormir!!!
Ca porra!!!


p.h.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2006

O Candidato Incómodo

Garcia Pereira, o eterno líder do partido PCTP-MRPP (acho que são estas as iniciáis, se não, azar...), candidato a PR, auto-intitula-se o Candidato Incómodo! Mas incómodo em que sentido pensei eu. Estará incomodado? Sentir-se-á mal disposto? Terá alguma verruga no olho do cú? Acredito que isso será deveras incómodo.
Nada disso. Autointitula-se candidáto incómodo porque vai chatear os outros candidátos com perguntas incómodas.. Eu instântaneamente imaginei uma espécie de reportagem realizada por ele...

Garcia Pereira: Bom dia prof. Cavaco Silva! Então ouví dizer que há 3 anos que não "confraterniza" com a sua Maria! Que tem a dizer disto?
Cavaco Silva: ...da-se, só faltava cá este cara de cu..(entre dentes) Isso é o que dizem meu caro, isso é o que dizem..

Garcia Pereira: Boa tarde Dr. Mário Soares! Diz-se por ai que na passada quinta-feira se esborratou todo nas calças porque devido a lapso da idade se esqueceu de colocar as fraldas antes de sair de casa..
Mário Soares: Ahhhh.......ah...mmmm.....Isso é tudo culpa desses jornalistas! É tudo uma mentira pegada!

Isto é a minha ideia de um candidato incómodo porque se me fizessem perguntas desse cariz, não só me sentiria incomodado realmente como era possivel destapar na fronha do tipo uma sarda de 0,5 Kg. É claro que se me fizessem perguntas sobre o Irs, eu diria-lhe na maior das calmas: " E que co** da mana tenho eu a ver com isso òh meu impertigado de merd* do cara***? Porquê não vais ser sodomisado por um urso polar?" Ou seja, era para o lado que dormiria melhor.
Aliás, a ideia de candidato incómodo era se uma pulga, carrapato ou chato se candidata-se a PR, isso sim era incómodo para o hospedeiro.

canivete suiço oral

Se há palavra versátil na expressão oral portuguesa é merda. Assim, e tendo em conta a recente experiência do Satanhoco, deixo aqui, digamos, a prova de como a palavra merda está prá língua portuguesa, assim como o canivete suiço está pró desenrasca.


Orientação geográfica: Vai à merda!

Adjectivo qualificativo: Tu és uma merda!

Momento de cepticismo: Não acredito nesta merda!


Desejo de vinçança: Vou fazê-lo em merda!

Acidente: Já fizeste merda!

Efeito visual: Não se vê merda nenhuma!

Sensação olfactiva: Cheira a merda...

Dúvida na despedida: Porque não vais à merda?

Especulação de conhecimento: Que merda será isto?

Momento de surpresa: Merda!!!

Sensação degutastiva: Isto sabe a merda!

Desejo de ânimo: Rápido com essa merda!

Situação de desordem: Isto está uma merda!

Rejeição, despeito: O que é que esse merdas pensa?

Para descobrir o paradeiro de qualquer coisa: Não sei onde foi parar aquela merda...

Interjeição comum: Que merda!


Nós também gostamos de ti!!!

Mesmo antes do nosso nascimento, já havia quem falasse de nós... doze anos mais tarde, o nosso muito obrigado ao autor desta composição! marcaste um dia as nossas vidas... E como forma de agradecimento, estamos aqui!!!




p.h.

Mad Max: o Tuga...

Muito se fala de operação Natal, passagem de Ano, ou mesmo tolerância zero... O excesso de velocidade vem de novo à baila, o consumo de álcool, mas durante este fim de semana, após cerca de 200Km de auto-estrada, resolvemos fazer uma expedição pelas maravilhosas estradas nacionais do nosso Pais, e cheguei a conclusão, que na nacional, mandam os que lá andam, ao melhor estilo de Mad Max, quem se aventura passar por lá vai ter de se sujeitar as suas regras, onde não é necessário luzes e muito menos piscas, onde as travessias se fazem sem olhar, até nas bombas de gasolina só se atende quem se quer...os forasteiros não são bem vindos!

Até parece que já estou a ver, Mad Max: o Tuga... o Zé Manel sai da tasca com um grande nevoeiro nos olhos por causa das mines, conduz o seu renault 5 pela nacional até à sua casa, ele conhece os buracos e evita-os em contra mão, afinal mais vale poupar a suspensão, e os outros que andem mais devagar...não acende a luz porque o vizinho é chibo e pode dizer ao sobrinho que é Bófia, não dá piscas para despistar os forasteiros, não para nos cruzamentos porque a Maria já tem o jantar pronto e ele vai atrasado, pisa a berma para levantar pó e parecer que é o pneus a comer o alcatrão... leva o braço de fora para falar aos amigos e secar a camisa manchada no sovaco...

O Zé Manel é um condutor exemplar, nunca teve um acidente, os outros é que se espetam de o ver passar na sua máquina...

A auto-estrada esta cara... Mas acho que prefiro...


p.h.

terça-feira, 3 de janeiro de 2006

Eufemismo: a nova linguagem dos anúncios

Entre a geração dos nossos pais e a geração dos nossos avós ocorreu algo de genial para os anúncios. Adoptaram um novo recurso estilistico chamado eufemísmo.
A linguagem eufemística faz-se sentir de diversas formas nas nossas vidas. Nem todos os eufemismos são iguais mas têm uma coisa em comum: obscurecem o sentido em vez de o realçarem e mascaram a verdade.
Existiu uma altura em que a diarreia passou a chamar-se perturbação intestinal - "Epá, ando com uma perturbação intestinal que não me aguento". Sejamos verídicos: levamos menos tempo a cagar que a dizer "perturbação intestinal"!! Outra que acho também engraçada era os médicos diserem que a prisão de ventre era evitada pelo consumo de frutos secos e cereáis. Hoje chamam a isto fibras. Ou seja, "..ando a comer fibras e cago que nem um alárve! Quase nem tempo tenho pra desabotoar as calças..." . Continuo a preferir os frutos secos. Se quiser fibra, como um casaco de poliester.
Este tipo de linguagem foi transmitida e usada pelos média numa linda operação de marketing. Se uma senhora fôr à farmácia pedir uma pomada para um leve prúrido vaginal (vulgo snaitose), pede uma solução de lúbrificação intima feminina.. Não é mais facil dizer snaitose? Ou remédio anti-snaitose? Antes dizia-se: "epá, òh filho.. És atrasado, lento, enfim... és anormal" Hoje o que se diz: " Filho, és especial!" Para mim especial é o Natal e o Santana Lopes...
Sabem o que é o processo final de limpeza dos recipientes para colocar uvas efectuado pelos técnicos viticultores ainda se chama vindima? Eu sei. Tive que me esfalfar para enfiar isto aqui à pressão. Achei que ficava bem. Estou muito envergonhado.
Para terminar, quero apenas dizer que, em termos práticos, "Em terra de cegos, quem tem um olho é rei" deixou de ser válida. Agora diz-se: "Em área de residência de invisuáis, aquele que tiver um défice de 50% no numero tradicional de globos oculares com que o ser humano vem equipado, tem um mandato popular para governar". Triste triste..

segunda-feira, 2 de janeiro de 2006

"Nova mensagem"

Tendo acabado esta semana de azafama, e não acreditando que ninguém me vá mandar uma sms a desejar Feliz dia de Reis. Gostava de agradecer a todos aqueles que me enviaram a bela da sms de Natal e/ou de Feliz ano Novo...
Como forma de agradecimento gostaria que pegassem na sms que enviei no ano passado ou anteriores e substituíssem 2005, 2004 ou 2003, por 2006, Obrigado!
Gostava ainda de deixar o meu muito Obrigado a todas as pessoas que me enviaram sms das quais eu não tenho o numero, não há nada melhor que receber telemóvel no Natal, enviar sms com o cartão novo que traz guito, e não assinar a mensagem... a todos vocês o meu muito Obrigado!
Já agora, apenas uma sugestão: ao menos sejam vocês a escrever a porra da mensagem, copiar o texto que alguém enviou e que por sua vez tinha pedido de um daqueles números que se paga um balúrdio, é coisa que chateia... é que toda a gente resolveu mandar a mensagem igual...

EU JÁ SEI QUE FAÇO PARTE DA VOSSA ADEGA!!!


p.h.

O possivel diálogo da Virgem e S. José

Hoje vou dar a conhecer ao mundo o possível diálogo que a Virgem Maria teve com S. José quando soube que estava grávida.

Maria: Óh Zé! Vamos ter um bébé!
Zé: Quê? Não pode! Mas se nem no marçápio tu me tocas por causa das tuas taras com DST's...
Maria: Pois.. Não sei.. Talvez um imprevisto..
: Quem te disse que estavas grávida?
M: Um anjo chamado Gabriel que me apareceu no jardim em cima dos coentros. Acho que os espisotou todos..
Z: Ai foi um anjo... E tava nú não?
M: Epá, acho que tinha uma gabardina ou algo do género. Ou isso ou um top mas o tipo brilhava tanto que não dava para ver bem... ou isso ou tava contra o sol.
Z: Tu não andas mas é bem. As tintas da minha carpintaria andam-te a fazer mal à mona.
M: Mas é verdade! O Gabriel disse-me que era O Filho do Senhor!
Z: E pedistes para ele te dar algum sinal?
M: Bem... Não mas deu-me um vale de descontos.
Z:E porquê é que o Senhor quer um filho?
M: Sei lá... Talvez pra ganhar o abono familiar? Para descontar no IRS ou IRC? Deve ser IRC.. Empresa e tal..
Z: Só espero é que depois ajude cá em casa! Isto anda mau! Ao menos tinhas pedido um contrato ou algo assim ao tipo!
M: O Gabriel disse que não há motivo para preocupações.. O miudo tem a vida já feita.
Z:Bem.. Já que estás grávida, podemos passar à acção...
M: Nã nã.. O Senhor quer que seja um parto de uma mãe virgem.
Z: Mas..mas.. Não estou a perceber..
M:É o que ouvistes e ele quer que escolhemos um nome para o miúdo.
Z: CRISTO....
M: Boa òh Zé! És o maior! E agora vai mas é acabar a mesa do senhor Dauldecindo que já devia estar pronta ha uma semana.

Barbies


"...e apresentamos o novo modelo! Barbie Cova da Moura! No próximo ano sairá a versão Barbie Prostituta em que tráz de oferta para as petises 3 preservativos com sabores, vaselina e candidiases"

Só cá faltava mais este!!!

Durante esta quadra festiva a Direcção editorial dos PFcAD esteve reunida durante horas a fio e chegou à conclusão que seria benéfico contratar mais um membro de mente iluminada para fazer parte desta tachada...
Durante longos dias nós próprios efectuamos castings, sempre de forma profissional...
Eu próprio conduzi o casting de duas gémeas suecas e de uma prima delas que é Dinamarquesa, e as indiquei como a melhor opção, mas a minha sugestão foi recusada devido ao pouco conhecimento da língua Portuguesa por parte das candidatas, as únicas palavras na nossa língua que elas articulavam eram, gostoso, garanhão e mais alguns sinónimos que eu lhes ensinei...mas isso agora não importa!
A verdade é que sendo este um blog sério e que despreza o favorecimento amiúde, resolvemos atribuir o cargo a um nosso amigo desemblogado...
Ainda não sabemos se ele sabe escrever, ou se alguma vez ouviu falar em Internet... mas mesmo assim temos a certeza que ele será a pessoa indicada para o cargo... O facto de ele ser nosso amigo é pura coincidência, não temos culpa de só conhecer pessoas intelectualmente superiores...

De hoje em diante, os passarinhos são...os que estavam mais um!


p.h.

a melhor anedota de loiras

Como contador de anedotas, sou uma verdadeira anedota ao melhor estilo "malucos do riso".

Mas
esta é, de facto, a melhor.

domingo, 1 de janeiro de 2006

Encetar 2006

Serve este post, tal como muitos dos outros deste autor, apenas para dizer coisa nenhuma. Mas desta vez com um objectivo claro: ser o 1º de 2006.

O ano é novo, mas a m**** será, certamente, a mesma.
Cá estaremos para ver isso!