sábado, 19 de julho de 2008



Ontem, durante uma viagem num comboio alfa cheio até às malas, ouvi uma das frases mais interessantes dos útlimos dias: "No Algarbe o peixe é todo de apicultura." Depois mudei para um comboio que se agitava e se ouvia como o da fotografia, cheguei à minha terra e fui a um wc público com portas de vidro, o que é sempre uma experiência incómoda. Por fim atravessei uma massa de gente do mundo que cheirava a férias e a um ano ou dois de crise e cheguei a casa.

2 comentários:

Fingido disse...

Minha cara, isso comparado a um fim de semana num parque de campismo apinhado de "silvas" (dos que têm roulottes que já não rolam, avançados, e jardim com relva artificial e flores de plático) e "freaks" Q.B parece uma viagem pouco atribulada.

Os conflitos "Silvas"-"Freaks" fazem parecer os entre ciganos e africanos brincadeiras pra meninas.

Silva power

Trambolho ao Postigo disse...

Eu gosto de Silvas, Santos, Castros, Pereiras, Oliveiras, Martins, Gomes...