terça-feira, 5 de maio de 2009

Pensamentos Dispersos nº ...isso

Gostava que os ecologistas salvassem uma espécie em extinção que, depois nos aniquilasse a todos.

Há mais pessoas a escrever poesia do que a lê-la.

Quando estou em casa de alguém e vejo uma coisa pequena e que gostava de ter e que é fácil de esconder, roubo-a. É a minha convicção pessoal de que a propriedade pertence a quem mais a desejar com mais empenho. Ao menos não declaro guerra como certos e determinados países que conheço.

Finalmente percebi para que servem os e-mails. É para comunicar com pessoas com as quais não queremos falar.

Um obstetra e uma enfermeira da maternidade com um peso conjunto de 200 kg exercem maior força gravitacional sobre o bebé no momento do nascimento do que qualquer um dos planetas que se diz influenciarem a personalidade e o destino de uma pessoa. Por que motivo estes dois objectos tão próximos não são incluídos nas cartas astrológicas que são sempre traçadas com tanto rigor?

Até chegarmos a certa idade, não temos nada na vida que precisemos de "ultrapassar". É isso que a vida parece ser. Um processo continuo que envolve fazer certas e determinadas coisas que queremos pôr atrás das costas.

1 comentário:

Trambolho ao Postigo disse...

Os e_mails servem também para alargar o campo de acção onde podemos fazer figuras rídiculas. Eu sou um ás!