quinta-feira, 12 de abril de 2007

O Engenheiro…

Eu assumo que não vi a entrevista do nosso primeiro-ministro “Eng.” Zé. Não vi porque acho de tremendo mau gosto duvidar da vida académica do senhor.
Eu, essa pessoa idónea, com toda certeza posso garantir que o senhor se licenciou no mesmo ano que eu e o Sr. Prof. Dr. Sandes de Choco, ainda devemos ter feito alguns trabalhos de grupo em conjunto, quem sabe. Ele não era grande aluno, tudo bem, eu e o Sr. Prof. Dr. Sandes éramos barras. Mas agora estar a Duvidar que o homem acabou o curso?
Ainda me lembro de um Prof., mediano, dizer: Óh Senhor Primeiro…perdão, ele disse: Òh menino Zé atão não é que encontrei o exame que o senhor tinha feito no domingo antes da data do exame e não é que tinha passado?! Peço desculpa pela minha incompetência. Ah é verdade e tenho um sobrinho com a quarta classe que é moço rijo que gostava de lhe apresentar, Òh Pinho anda cá ao tio!
E o gajo passou mesmo, era um aluno aplicado!
Desde esses tempos ficou uma grande amizade, tanto que ele ainda esteve para fazer parte do elenco daqui dos PFcAD… mas há dois anos atrás ele estava ocupado na escola primaria da Corte Pinto a tirar uma pós graduação, acho que se chamava quarta classe, e era complicado!
Como podem ver, e até consultar no meu perfil académico, este senhor é tão Eng. como eu e o Sr. Prof. Dr. Sandes de Choco! Com uma nota mais fraquinha, mas também é!

Mas o que me chateia ainda mais é que eu acho isto de uma hipocrisia terrível, primeiro anda tudo em polvorosa porque temos poucos licenciados, falta de mão-de-obra especializada, baixo grau de literacia… Depois, um gajo que já era Eng. vai ser despromovido! Mas que raio é isto? Com o ritmo da Independente daqui a poucos anos as escolas primárias estava cheias de recém licenciados, que só lá iam para aprender a escrever e contar… Isso é que era fazer o País ir para a frente!
Coitado do homem, quando um gajo está em baixo cai-lhe tudo em cima, é mesmo!


NOTA: Um dos professores que em muito influenciou o colega Eng. Zé - espero não estar a cometer uma inconfidência - foi o Sr. Prof. Eng. Dr. Arq. Prateleira. Um homem sábio, com quem ele aprendeu muito...dizem!

5 comentários:

Fingido disse...

Mas contrariamente ao eng. que afinal só é licenciado e sabe-se lá como, o Sr. Prof. Eng. Dr. Arq. Prateleira sempre se assumiu como engenheiro técnico.

Senhor Indivíduo Satanhoco disse...

Concordo Fingido... E com a mesma veracidade que o nosso Primeiro! Depois também foi enfermeiro, militar, policia...qualquer dia é carpinteiro! Sei lá...Mas acho que isso deve ser a única coisa que ele não sabe fazer!
Existe muito em comum entre ambos os dois individualmente separados em conjunto aos pares!....

trambolho ao postigo disse...

Eu vi partes da entrevista, mas da frase que eu mais gostei foi: "eu estou absolutamente segura blá blá blá"
Uma coisa ficou esclarecida os boatos da orientação sexual podem ter algum fundamento, não apenas na forma como o nosso primeiro corre, mas também como se refere a si própio. Ai mulher!

dusty disse...

Ah ah ah. Perdi esse acontecimento. Sou mesmo má cidadã...
Por acaso não surgiu a questão 'você está maquilhado?'?

Anónimo disse...

Já levavas era com um ranhau daqueles que dormem na margem das estradas pela fronha. Mas com jeitinho.