quarta-feira, 6 de junho de 2007

E se...

...o nosso corpo produzisse anfetaminas fora de prazo em momentos de stress? Acho que os efeitos seriam mais graves que o aquecimento global à Al Gore, mas se calhar mais giros de ver a partir do espaço.
Adoro a palavra ANFETAMINA, não devem existir muitos poemas com esta palavra... Gostava de ver o meu ex-patrão sob o efeito de anfetaminas debaixo de água.
Já vi pessoas com a fominha pós-charro, mas nunca vi ninguém com efeitos pós auto-medicação com anfetaminas, devia experimentar na minha vizinha do lado, oferecer-lhe um bolinho caseiro feito com anfetaminas em pó, em vez de farinha branca-de-neve com fermento para bolos. Aliás devia experimentar nos vizinhos do prédio todo. Parece-me que ía ser a festa de santos populares mais gira de aposentados ex-emigrantes. (3º andar -França, 1º andar -Austrália, rés-do-chão -Suiça).
ANFETAMINA, a próxima vez que apanhar uma pulga no comboio já sei que nome dar-lhe.

1 comentário:

disse...

Antes de mais parabéns pelo blog!
Continue com o bom trabalho!
Convido-o agora a visitar:

http://aguia-de-ouro.blogspot.com/

Futebol e política num só!
Obrigado!