quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Um novo lema

Acho que ando adoentado. Adoentado ao ponto de esta noite ter sonhado que estava a conduzir. A conduzir! E no sonho atropelei uma ovelha. Uma ovelha ou um anão com um casaco de pele de ovelha. Não tenho a certeza porque simplesmente não parei.

E esta regra, a de não parar, vai de certeza tornar-se num meu lema de vida.

Atropelo alguma coisa? Ok. Parar? Não obrigado. Quem é que tem tempo para isso? Eu não. Se bato em alguma coisa ou atropelo alguém, continuo a andar. Sobretudo se alguém se aleijar. A partir de agora recuso-me a envolver-me nos ferimentos dos outros. Não sou médico. Não sei nada de primeiros socorros. Sou só um tipo com um carro e não posso parar por tudo e por nada. Especialmente quando vou a alta velocidade e atropelo alguém.

2 comentários:

efe disse...

"...e a ovelha atropelada foi removida pelos serviços camarários às primeiras horas da manhã."

:D

Trambolho ao Postigo disse...

Acho que sim! Ok tipo! Ovelhas há muitas! Tipo.