segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Vampirices

Cada vez estou mais farto da febre vampírica que se apoderou da mente das adolescentes, do cinema e até dos canais nacionais de tv. Não bastavam as novelas e concursos imbecilóides que passam como ainda criaram séries más acerca de vampiros. E fizeram questão de as anunciar com pompa e circunstancia. Só para aborrecer, também eu, vou criar uma série acerca de vampiros. Só para chatear.

SANGUE A MODOS DE ASSIM PARA O FRESCO (episódio piloto)

Gregório Torcemamilos e Alzira Agarraverilhas são dois jovens vampiros protagonistas de uma história repleta de dificuldades, mágoa, medo, dor, desilusão, problemas financeiros, urticaria, acne vampiróide e baba numa família de vampiros de classe média de um bairro degradado.

Alzira e Gregório descobrem que são jeitosos com ferramentas e fazem uma cesariana à vizinha para depois descobrirem que ela não estava grávida (nudez parcial, consumo de álcool, sangue intenso e dicas de bricolage.)

Entretanto, o seu vizinho Cravoso Lucreiro, apanha uma intoxicação alimentar e tem que se aliviar num campo cheio de urtigas. (nome do Senhor invocado em vão, piadas com esfíncter e piadas de xixi).

E é isto. Agora só falta vender a um estação televisiva.

1 comentário:

Trambolho ao Postigo disse...

Excelente e as dicas de bricolage são um golpe de génio. Este país é pequeno para ti!
Só há uma pequena falha, alguém tem que jogar rugby, é que, não sei porquê, está na moda vampiros e betos misturados.