domingo, 11 de março de 2007

Momentos inesquecíveis (infelizmente)

Momento deprimente:
Explicar à minha mãe o que é o clítoris e o que é um orgasmo.
Momento embaraçoso:
Ter que me esconder por baixo da cama no dia em que me chegou o período, porque o meu irmão (6 anos mais velho), andava atrás de mim a gritar:"Já tens o período, já tens o período!!!, acho que não houve vizinho do prédio e da rua que não ficasse a saber...
Momento ridículo:
Chegar a uma sala de aula cheia de colegas, carregada com uma maquete gigante, depois de ter pago uma fortuna a um taxista pouco simpático e ter umas olheiras de 10 metros por não dormir há mais de 30 horas. Agora a cereja: Todos pararam de fazer o que estavam a fazer e ficaram a olhar para mim, alguém disse: "Mas a entrega foi adiada para a semana!"
Momento de pura inocência:
O meu querido primo disse-me: "Olha vai perguntar ao teu pai... e depois segredou o que eu tinha que perguntar.
Eu - Paiiiii!
O meu pai - O que é?
Eu - Já alguma vez apanhaste no cu?
Resultado: uma bela chapada na cara e só muitos anos depois é que percebi o que se tinha passado...

3 comentários:

Fraude disse...

Parece-me que o prémio do "momento mais..." vai para o primeiro. Algo me diz que não só terá sido deprimente como também ridículo e embaraçoso.

Fingido disse...

Eu assisti ao momento ridículo!

Sandes de Choco c/mortandela disse...

É bom ver que a Trambolho está de volta!