domingo, 13 de janeiro de 2008

Lição nº 1

1. Como distinguir um elogio de uma ofensa:
Exemplo A
- É bom conversar contigo, pareces um homem!
- O quê???
- Sim, não dizes coisas parvas.
Exemplo B
- És feia como o bode tetraplégico do meu vizinho, mas não és tão má como o fumo que sai do tubo de escape da minha Casal.
O exemplo A é claramente ofensivo porque divide os géneros em interessante e parvo, já o exemplo seguinte é uma abordagem rude, mas interessante, que glorifica e busca a beleza feminina, mesmo onde aparentemente esta não existe.

1 comentário:

dusty disse...

Lembro-me de apanhar na casa da minha avó uma revista feminina portuguesa dos anos 50, acho que era sobre costura (exilibris dos dotes femininos) mas para além disso tinha os habituais conselhos de estética e comportamento. Gostei particularmente de um artigo dirigido às donas de casa, que apresentava um rol de tarefas diárias e obrigações e rematava com 'a aparência deve ser sempre impecável'. Fiquei a imaginar uma senhora em traje de gala a limpar sanitas.