segunda-feira, 29 de janeiro de 2007

Qual talento?

Ontem, como é normal numa bela noite de intenso estudo, estive a ver a estreia do novo programa da RTP, "Aqui há talento". Como comentário só posso dizer que adorei, não há nada como ver figuras tristes para nos sentirmos melhor connosco próprio… há gente que faz de tudo para aparecer na televisão, e na verdade vi ali muito talento…gente com talento natural para a idiotice… Até o júri são casos raros de talento, um tem um talento especial para se auto promover e gabar como mais ninguém o iria fazer, outro tem o talento de se vestir e falar como um gay assanhado sendo ele próprio um gay assanhado… até a apresentadora tem um natural talento para ser substituída pela Catarina Furtado sempre que o programa passa a ter sucesso! É sem duvida um programa muito bem produzido e coerente!
Agora sobre talentos, não pude deixar de imaginar muitos dos talentos que gostaria de lá ver… Cantar? Fazer teatro? Dançar? Isso são coisas que se aprendem…
Um talento digno desse nome é um gajo que consiga tocar uma música do José Cid com os seus ruídos corporais, tipo…flatulências bem ruidosas. Isso sim…
Talento é de um gajo que nunca foi a escola e do cimo do andaime faz poesia para todas as donzelas que passam…
Talento tem de ter a mulher do Cláudio Ramos para mesmo sendo gaja conseguir pôr a ferramenta a funcionar e sacar-lhe um filho!
Talento tem um gajo que consegue escrever o nome completo dos filhos do cidadão Duarte Piu numa parede com a sua urina…
Vamos puxar pela criatividade…
Fico então a espera de novas demonstrações de talento, mas da próxima vez que sejam a sério… O talento para a figuras parvas e dizer m**** não é talento, todas as vezes que vou ao barbeiro se senta um gajo desses a minha frente e faz um corte de cabelo igual ao meu! A esse talento muitos dos meus amigos lhe chamam "parvoíce", "estupidez" ou “se continuas a fazer isso eu vou fazer que não te conheço”…



p.h.

5 comentários:

Anónimo disse...

Aqui há talento... nos passarinhos, claro!!!

DRI disse...

Já muitas vezes fiz que não te conhecia, tu queres é tempo de antena para as tuas parvoìces.
Abraço.

Senhor Indivíduo Satanhoco disse...

aqui tá um bom exemplo de talento, este gajo é o "Máior"...e só mede metro e meio(não chega bem)
No dia que eu aparecer no aqui há talento com a minha imitação perfeita de um crocodilo ao Sol vais gritar no café: "Eu conheço aquele gajo, é meu amigo! sempre foi muito bom a fazer aquilo!"
Um abraço!

Senhor Indivíduo Satanhoco disse...

O comentário anterior era resposta ao Dri a.k.a. Furão a.k.a. Anão a.k.a. o Máior a.k.a. Dri Wiliams...

Para o anónimo apenas posso aconselhar acompanhamento psicológico, sejamos coerentes nas nossas tomadas de posição! É que eu já reli tudo o que aqui foi escrito e não encontro fundamento na sua afirmação...agradecemos um pedido de desculpas publico, acompanhado de 27 gémeas suecas e que tenham uma prima dinamarquesa, 49 garrafas de Wiskey, duas embalagens de pó de talco, uma vela para criar romantismo, três gatos, uma corda e um frasco de álcool etílico!
Ah é verdade, também aqui temos duas meninas, traga então também uma garrafa de Malibu ou Safari!!! Sou um porreiro, eu sei...

dusty disse...

Pfff. Bebidas paneleiras não, obrigado. Eu bebo mines e visque, como um verdadeiro macho, ou um martini, vá que não vá.
E devo também dizer caro Satanhoco, que estou solidária com o dri. Às vezes tenho uma certa dificuldade em assumir o nosso grau de parentesco...