terça-feira, 11 de março de 2008

Tradução à letra

Nós, portugueses, somos mesmo um povo singular. Cruzámos oceanos e mares nunca antes navegados. Demos novos mundos ao mundo, enchemos as carteiras de ouro e depressa o gastámos nas coisas mais parvas imaginárias. Conseguimos facilmente falar qualquer outra língua do globo assim como se esfrega um olho. Somos realmente um povo catita! Com o seu Je ne sais quoi.
Mas mesmo singular, singular são os tradutores. Estão a ver? Aqueles tipos que traduzem os filmes e que lhes traduzem o nome. Às vezes penso mesmo que eles ou são sádicos, burros ou pertencem a alguma seita que venera o caos.

Passo a explicar esta minha convicção.
Às tantas da noite (ou às poucas da manhã, não sei. Estas separações horárias confundem-me) passa uma série que até é porreira. E só poderia ser aquela hora porque toda a gente sabe que o dia é para passar telenovelas e programas Ophra wannabe. O seu nome original é Surface (superfície literalmente traduzido) mas, pasmem-se, como se chama em Portugal? Aguas Profundas! Ora que bela antítese. Mas não é apenas este. Basta que se lembrem de algum outro filme e tentem encontrar o nome dele original e vão ver que na maioria dos casos as semelhanças variam entre o 0% e 0,00001%.

2 comentários:

Trambolho ao Postigo disse...

Aqui no Reino dos Algarves as traduções são fantáticas!!!! Tanto podem ser de inglês para português como o inverso.
Há uns dias num bar irlandês estava isto: "last order 8.30!" e a tradução era mais ou menos esta: última ordem da cozinha...eu comecei logo a imaginar um cozinheiro enorme a sair da cozinha e a gritar ordens aos clientes...
E esta numa pastelaria em Faro:
please wait for your turn - por favor espere pelo seu turno.
A célebre: há percebes traduzida em há understandings, não é um mito maritimo/rural, eu já o vi pelo menos em dois lugares diferentes!

Trambolho ao Postigo disse...

Sr. Fingido há uma questão que lhe queria colocar, que me anda a perseguir há muito tempo. O Manuel Pinho não é a cara chapada da nossa professora Farrajota? Até a maneira de falar... Estou louca ou concordas comigo?